Português Italian English Spanish

Sabatina de André Mendonça, no Senado, pode ocorrer em novembro

Sabatina de André Mendonça, no Senado, pode ocorrer em novembro


Informação foi publicada em site politico especializado que destacou que uma sinalização ocorre após meses de travamento.

Segundo o colunista Raul Holderf Nascimento, diretor de redação do Conexão Política o caso André Mendonça segue rendendo novos capítulos no cenário político do país.

Escolhido a dedo pelo presidente da República, a indicação de Mendonça precisa passar pelo primeiro procedimento para ingressar na Corte, a sabatina no Senado, antes de ocupar a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

No entanto, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Davi Alcolumbre (DEM-AP), insiste em postergar a indicação. A atitude tem gerado muita polêmica, além de uma série de reveses, incluindo críticas de aliados.

A CNN Brasil chegou a veicular, inclusive, que Alcolumbre não descartava a pretensão de travar a sabatina até 2023, ano de início de um novo mandato presencial.

Possível aceleração

Nesta quinta-feira (28), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse acreditar que a sabatina de André Mendonça na CCJ da Casa deve acontecer em novembro deste ano.

De acordo com ele, o procedimento pode ser marcado para depois da COP-26, a Conferência do Clima, que irá ocorrer entre 31 de outubro e 12 de novembro.

Ex-advogado-geral da União, Mendonça foi indicado em 13 julho pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga deixada pelo ministro Marco Aurélio Mello no Supremo.

*Com informações do Conexão Política