Português Italian English Spanish

América supera desfalques, bate Ceará no Independência e se recupera no Brasileirão

América supera desfalques, bate Ceará no Independência e se recupera no Brasileirão

Data de Publicação: 30 de agosto de 2021 11:00:00
Gols do Coelho foram marcados por Fabrício Daniel

O América reencontrou a vitória no Campeonato Brasileiro de maneira muito valente na tarde deste domingo. Jogando na Arena Independência, recheado de desfalques, o Coelho bateu o Ceará por 2 a 0 e encerrou o jejum de dois jogos sem vencer.

Os dois gols do Coelho foram marcados por Fabrício Daniel. O time americano ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti, com Ribamar, mas dominou o adversário durante toda a partida.

Com o resultado, o América chegou aos 18 pontos e na 'tampa' da zona de rebaixamento, saltando da 19ª colocação para a 17ª. O Coelho ainda torce por uma boa combinação de resultados para conseguir deixar o Z-4 na próxima rodada, em caso de vitória.

1º tempo

O América superou os diversos desfalques, inclusive os de última hora, para fazer um primeiro tempo muito aguerrido na Arena Independência. E o esforço foi rapidamente premiado, logo aos cinco minutos. Fabrício Daniel recebeu bom passe de Lucas Kal, carregou a bola e chutou colocado para tirar do alcance de Richard e fazer 1 a 0.

O Ceará chegou a mandar a bola para as redes, aos 16 minutos, mas houve falta do Vozão antes de William Oliveira fazer o gol, bem anulado.

O Coelho usou mais transpiração do que inspiração, mas fez uma primeira etapa de muita concentração. O técnico Vagner Mancini conseguiu encaixar por completo a marcação e fez o time americano roubar muitas bolas e completar muitos desarmes (17) ainda no campo de defesa do Ceará, sufocando a equipe visitante.

O América esteve mais perto de aumentar a contagem no placar do que sofrer o gol da igualdade.

2º tempo

Demorou 15 minutos para a 'dupla' Lucas Kal e Fabrício Daniel funcionar novamente. Em bola cruzada de escanteio pela direita, o zagueiro escorou de cabeça para o centroavante finalizar e fazer o segundo dele e do Coelho na partida: 2 a 0.

O gol da tranquilidade poderia vir seis minutos depois. O volante Juninho foi derrubado por Jael dentro da área e, sem hesitar, o árbitro marcou pênalti. Ribamar foi para a cobrança, mas bateu à meia altura, sem muita força, e Richard fez defesa tranquila. 

Para administrar a vantagem com mais segurança, Mancini tirou o artilheiro Fabrício e promoveu a entrada de Juninho Valoura, recuando as linhas de marcação. Na mesma parada, Berrío finalmente fez sua estreia, substituindo Ribamar.

Mesmo recuado, o Coelho teve boas chances de ampliar o placar. Em momento algum o time americano foi ameaçado, fez partida muito consistente e, assim, reencontrou a vitória.

América 2 x 0 Ceará

América: Matheus Cavichioli; Patric, Ricardo Silva, Anderson, Lucas Kal e Marlon (João Paulo); Juninho e Felipe Azevedo (Marcelo Toscano); Fabrício Daniel (Juninho Valoura); Ademir e Ribamar (Berrío). Técnico: Vagner Mancini

Ceará: Richard; Fabinho (Marlon), Luiz Otávio, Messias e Bruno Pacheco (Kelvyn); Fernando Sobral, William Oliveira (Gabriel Dias) e Vina; Rick (Erick), Lima e Cléber (Jael). Técnico: Guto Ferreira

Motivo: 18ª rodada - Campeonato Brasileiro
Data: 29 de agosto de 2021, domingo, às 11h
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Cartões amarelos: Fabrício Daniel (América); Jael (Ceará)

Gol: Fabrício Daniel (5/1ºT) e (15/2ºT)

Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
VAR: Péricles Basols (SP)


 

(*) Com informações Itatiaia


-----------



Se você quer anunciar no Diário do Cerrado e fazer bons negócios aqui é o seu lugar. Venha para o Diário do Cerrado - ”Aqui a Parceria é certa”. Fale agora - (34) 999690040 (WhatsApp)

 ()*