Português Italian English Spanish

Ataque de ácaros em frutos de café preocupa produtores do cerrado mineiro

Ataque de ácaros em frutos de café preocupa produtores do cerrado mineiro


O forte ataque foi observado, recentemente, em lavoura na região do cerrado no Noroeste mineiro e mostrou intensidade e sintomas ainda pouco conhecidos.

Nas lavouras de café existem três espécies de ácaros que atacam: o ácaro vermelho, o ácaro branco e o ácaro da leprose ou ácaro plano. As formas jovens e os adultos dos ácaros raspam as folhas e causam o rompimento das células da epiderme. Esse líquido que extravasa serve para sua alimentação. Em decorrência dessa raspagem, ocorre uma destruição da clorofila e as áreas afetadas ficam descoradas, perdem o brilho. No caso do ácaro vermelho, as folhas ficam bronzeadas. No ataque do ácaro branco, pouco importante, ocorre mais uma deformação nas folhas. Já no ataque de ácaro da leprose aparecem lesões circulares amareladas, estas em função da transmissão do vírus.

O ataque de ácaros em cafeeiros é bem conhecido atingindo as folhas das plantas. No caso do ácaro da leprose, também é comum o ataque aos frutos, verdes e maduros, dando origem a lesões – estas devidas ao vírus que eles transmitem. Ele também pode atacar ramos. Já, no caso do ácaro vermelho, o ataque em frutos foi relatado anteriormente, mas de forma muito esporádica e atingindo apenas alguns frutos, ou pequenas partes deles.

O ataque severo, agora observado em frutos de cafeeiros, foi registrado em campo de multiplicação de variedades, no município de João Pinheiro, no Noroeste de MG. O histórico desse campo mostra que, em agosto-setembro de 2021, foi verificado um ataque de ácaro vermelho nas folhas. Em função do ataque na folhagem, foi efetuado o controle químico do ácaro nessa época.

O campo de multiplicação, conduzido com irrigação, teve floradas iniciando em agosto/setembro. Em dezembro/21, apareceram os sintomas de ataque do ácaro vermelho em frutos, sendo mais evidentes nos frutos maiores, da primeira florada. Isso indica que os ácaros preferem os frutos mais desenvolvidos, ou, então, mesmo atacando os menores, os sintomas, na casca dos frutos verdes, só aparecem mais tarde. Pode-se observar, nas fotos, que a cor verde, na casa dos frutos, com o ataque, passa para uma cor castanha. Nesse caso de ataque severo, observa-se que praticamente todos os frutos e toda superfície deles ficam afetados.

Verificou-se que as variedades de café com frutos mais atacados foram o Catuai SH3, o Aranãs e o Pau Brasil.

Ressalta-se que ácaros de diferentes espécies são comuns atacando frutos, como mostra a ilustração, onde podem ser observados frutos de tomate e de laranja com sintomas semelhantes aos aqui relatados nos frutos de café.

 

Pode-se ver o forte ataque de ácaro vermelho tornando a casca dos frutos, ainda verdes, de cor castanha, devido à raspagem provocada pela praga, na situação agora verificada de ataque severo, atingindo todos os frutos da planta

 

Nesta planta, podem ser observados apenas alguns frutos com os sintomas de ataque de ácaros, o que é uma situação normal, já constatada anteriormente. Os frutos com sintomas são aqueles mais desenvolvidos. Pode-se verificar, também, no canto superior esquerdo da foto, uma folha velha com sintomas do ataque do ácaro vermelho e, na foto acima, o aspecto dessa praga


Nessas figuras podem ser observados aspectos do ataque de ácaros em frutos de outros cultivos, como tomate e laranja, com sintomas semelhantes aos agora identificados  em frutos de café

 

*CafePoint

 

 

Haverá uma Terceira Onda da Covid-19?

Voto computado com sucesso!
CORONAVÍRUS
Total de votos:
SIM
NÃO

 

Colunistas

          

 
 
Marcos Remis dos Santos 
(Marcão)