Português Italian English Spanish

Patrocínio: transparência no transporte público da cidade

Patrocínio: transparência no transporte público da cidade

Data de Publicação: 12 de agosto de 2021 11:49:00
Vereadores da Câmara de Patrocínio voltam a rejeitar requerimentos de informação e desta vez sobre convênio entre o município e empresa de transporte público

De autoria do vereador Paulo Roberto dos Santos, Panxita, dois requerimentos de informação que buscavam detalhes do número de usuários e do valor repassado pela Câmara de Patrocínio e pela Prefeitura Municipal à Viação Cidade Paraíso, de propriedade da família do Prefeito Municipal, que detém a exclusividade de exploração do transporte coletivo urbano no referido município.

De acordo com o vereador, autor dos requerimentos, até a presente data nenhum requerimento de informação, de sua autoria ou dos demais vereadores da oposição, foi sequer aprovado em plenário, barrando assim o trabalho de fiscalização da Câmara Municipal sobre a aplicação dos recursos públicos. 

Segundo Panxita “esses recursos são retirados do bolso do contribuinte, que paga em dia seus impostos, e merece saber onde e como esse dinheiro é aplicado” e concluiu que “é dever da câmara municipal, através de seus 15 vereadores, buscar a transparência da aplicação do dinheiro recolhido dos impostos pagos pela população, mas há um entendimento ou ordem  da própria administração municipal de que todo e qualquer requerimento de informação deve ser rejeitado pelos vereadores da base de apoio ao atual prefeito.” 

Um fato que corrobora a declaração do vereador é que outros requerimentos de informação destinados a Prefeitura Municipal foram e são igualmente rejeitados com ampla maioria de votos contrários. 

O requerimento de informação 08/2021 que requisitava documentos a Prefeitura Municipal sobre convênio entre o município e empresa de transporte público foi rejeitado por 9 votos (contrários) a 5 (favoráveis). Votação idêntica dada (9x5) ao requerimento destinado a Presidência da Câmara Municipal com relação ao convênio com a Viação Cidade Paraíso.

Em plenário o vereador Paulo Roberto dos Santos, Panxita, disse que mesmo com a rejeição pela Câmara dos requerimentos de informação irá ao poder judiciário para que os documentos requisitados sejam apresentados e os valores pagos a Empresa pelo município (Câmara e Prefeitura Municipal) sejam de conhecimento público.


 

-----------



Se você quer anunciar no Diário do Cerrado e fazer bons negócios aqui é o seu lugar. Venha para o Diário do Cerrado - ”Aqui a Parceria é certa”. Fale agora - (34) 999690040 (WhatsApp)

 ()*