Banner

Um Pouco de Filosofia

 

Fragmentos - Aurivam de Freitas Borges


As religiões também apresentam uma explicação sobrenatural para o mundo. Para aderir a uma religião, é obrigatório crer ou ter fé nessa explicação. Além disso, é uma parte fundamental da crença religiosa a fé em que essa explicação sobrenatural proporciona ao homem uma garantia de salvação, bem como prescreve maneiras ou técnicas de obter e conservar essa garantia, que são os ritos, os sacramentos e as orações.

 

O senso comum ou conhecimento espontâneo é a primeira compreensão do mundo, baseada na opinião, que não inclui nenhuma garantia da própria validade. Para alguns filósofos, o senso comum designa as crenças tradicionais do gênero humano, aquilo em que a maioria dos homens acredita ou devem acreditar. Ex: Ditados populares

A ciência procura descobrir como a natureza "funciona", considerando, principalmente, as relações de causa e efeito. Nesse sentido, pretende buscar o conhecimento objetivo, isto é, que se baseia nas características do objeto, com interferência mínima do sujeito. A definição tradicional de ciência pressupõe que ela seja um modo de conhecimento com absoluta garantia de validade. A ciência moderna já não tem a pretensão ao absoluto, mas ao máximo grau de certeza.

Para Vernant “Desde que se centraliza na praça pública, a cidade já é, no sentido pleno do termo, uma polis.” (p. 33). e é na ágora (Praça) que se manifesta o poder de participação (manifestação do pensamento) dos cidadãos na vida publica. Por isso, para os gregos, o HOMO SAPIENS é HOMO POLITICUS, aquele que discute os destinos da sociedade em que vive. Hoje em dia a filosofia está distanciada de suas origens, isto é, ela não é mais uma prática do cotidiano entre os cidadãos, como era entre os gregos naqueles tempos, que debatiam e decidiam sobre as grandes questões da vida pública que atingia o próprio cidadãos .

Em O Banquete:O Eros de Platão revelado por Sócrates no Banquete é o próprio filósofo: está na posição intermediária, entre o saber e a ignorância, é aquele que aspira algo. O Eros em Platão é a aspiração do ser humano ao bem. O Eros socrático é o anseio de quem se sabe imperfeito por se formar espiritualmente a si próprio, com os olhos sempre fitos na Ideia. É, em rigor, o que Platão entende por "filosofia": a aspiração de conseguir modelar dentro do homem o verdadeiro Homem. O discurso da profetisa Diotima,de Mantinéia, na fala de Sócrates, está na tradição grega e coloca na ideia de Eros toda a atividade de criação espiritual. Eros é um poder educador e que mantem unido todo o cosmo espiritual, isso porque ele é a aspiração comum a todo homem de buscar e se apossar por completo do belo.

Em A Republica: O mito da caverna é uma metáfora da condição humana perante o mundo, no que diz respeito à importância do conhecimento filosófico e à educação como forma de superação da ignorância, isto é, a passagem gradativa do senso comum enquanto visão de mundo e explicação da realidade para o conhecimento filosófico, que é racional, sistemático e organizado, que busca as respostas não no acaso, mas na causalidade.

Segundo a metáfora de Platão, o processo para a obtenção da consciência, isto é, do conhecimento abrange dois domínios: o domínio das coisas sensíveis (eikasia e pístis) e o domínio das ideias (diánoia e nóesis). Para o filósofo, a realidade está no mundo das ideias - um mundo real e verdadeiro - e a maioria da humanidade vive na condição da ignorância, no mundo das coisas sensíveis - este mundo -, no grau da apreensão de imagens (eikasia), as quais são mutáveis, não são perfeitas como as coisas no mundo das ideias e, por isso, não são objetos suficientemente bons para gerar conhecimento perfeito. Quem é o prisioneiro que sai da caverna? O filosofo. O que é a luz do sol? A luz da verdade. O que é o mundo iluminado pelo sol da verdade? A realidade. Qual o instrumento que liberta o prisioneiro rebelde e com o qual ele deseja libertar os outros prisioneiros? A filosofia.


Aurivam de Freitas Borges

È Professor de Matematica , Quimica , Ciencias da Natureza e Filosofia

Atualmente Estuda Administração Publica ma UFU/FAGEN ( Faculdade de Administração Gestão e Negócios)


Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

valquiria_650x88_dn_27102015
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner